Comentários!

Sejam todos bem vindos à Coruja de Cerrydwen, Bençãos da Deusa do Caldeirão mágico estão a sua espera!
Quando Ler os posts considere fazer um comentário direto nas publicações ou via Twitter, clicando na imagem reservada para o site na barra lateral deste Blog! Saber sua opinião é algo bastante valioso para nós! Não deixe também de nos seguir e compartilhar aquilo que vocês acham interessante em suas redes sociais, copiando o link na barra de endereços, pois isso é muito importante para nosso trabalho!
Bençãos dos Deuses! Sláinte, pois as palavras contidas aqui são brindadas a nós pelos Deuses!

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Ahhh, nem preciso falar que adoreiii

Ahhh, nem preciso falar que adoreiii

Estou me sentindo assim...
Só que amo sem amar
Quero sem ter...
...certeza
Sei lá meio louco.
aiaiiaiaiiaia
tudo culpa sua me deixar assim. Viu?
esse poema maluco.
Dos sonhos que desejamos, das noites que aspiramos e dos suspiros que evitamos.

beijos da coruja da noite {*v*}
Ton Owl {*v*}

Inspirado pelo poema "Como?!" da incrível "Andréia Cartaxo"
Toda vez que entro no blog dela me sinto retornando a algo que vivi em um momento sublime de minha infância - Se você clicar no link desse post você será levado ao blog dela "reflection of mind" (reflexão da mente). Deixe-se levar. Ame! Curta! E boa Viagem!!!

4 comentários:

ac disse...

Tenho de dar os parabéns pelo que escreveste , está muito bonito e agradecer pelas tuas palavras , muito obrigado mesmo !

Beijos e uma otima semana !

Ton Owl disse...

desculpe """alguem""" acabou de me postar algo mas como fui uma coruja nócega rsrsrrsrs recusei sem querer :S pode mandar denovo ???
abraçossss

Alguém... disse...

Não o apagaste :D Esta no texto "Pela luz da lua".
Gosto muito da música, bem como das tuas palavras.
Parabéns, beijinho*

Arthemus Mac Dana disse...

Oi Ton!
Desculpe pela demora em responder seu recado, tenho andado meio sem tempo ultimamente. Quem agradece sou eu, amigo! Não é à toa que incluí seu blog em minhas "outras fontes de iluminação", sinto em ti um daqueles espíritos antigos que guardam as velhas histórias. Pessoas como nós encontram agora o momento ideal para ressurgirem e se unirem! Forte abraço, e que sejamos todos abençoados!